O percurso desenvolve-se desde a nascente do Alviela ao sumidouro da ribeira dos Amiais, um dos raros cursos de água superficiais do maciço calcário estremenho que, devido à erosão, forma geossítios de elevado interesse e curiosidade. Um deles é a “janela cársica”, uma estrutura onde a ribeira mergulha nas profundezas na terra através de uma espécie de espiral cavada na rocha calcária. Ao longo do percurso é possível observar várias grutas formadas ao longo de milhões de anos que agora funcionam como abrigos para colónias de morcegos. Estima-se que todos os anos nidifiquem aqui mais de 5 mil indivíduos desta espécie.
Antes de desaguar no Alviela, a ribeira dos Amiais volta à superfície e brinda os caminheiros com um canhão flúvio-cársico: no início deste, é possível ver um poço protegido por um dique de betão que, em épocas chuvosas, jorra água com forte intensidade. Este tipo de nascentes, da qual a do Alviela é a maior, são frequentes nas Serras D’Aire e Candeeiros, demonstrando a importância deste maciço calcário como reservatório de água doce.

 

ROTA

Início e fim: Praia Fluvial dos Olhos D'Água do Alviela, Alcanena

Coordenadas: 39.444934, -8.712151

Épocas aconselhadas: Todo o ano.

 

DOCUMENTAÇÃO

Folheto informativo: n.d.

Mapa: aqui.

 

CONTACTOS ÚTEIS

Câmara Municipal de Alcanena (Cultura) : 910 043 515

GNR (Alcanena):249 882 385

Bombeiros Municipais de Alcanena: 249 887 200

0,9Km Distância
Lienar Tipo
1h Duração
34m Descida acum.
34m Subida acum.
Fácil Dificuldade

 

NOTA Os caminhos dos percursos e a sinalética dos mesmos estão sujeitos ao desgaste provocado por vários fatores. Por prudência, a iNature recomenda o contacto com as entidades responsáveis pelos percursos para apurar o estado de conservação dos caminhos e da sinalética. Uma caminhada agradável começa na segurança da mesma.