O percurso tem início a este de Penha Garcia de onde começa a travessia da povoação brindando os visitantes com vários exemplos de arquitetura tradicional onde primam o quartzito e o xisto e múltiplos monumentos históricos e religiosos. A Capela do Espírito Santo e o Pelourinho são alguns exemplos. Segue-se a Igreja Matriz e o Castelo. E é deste que se começa a vislumbrar o manancial de beleza natural. A norte, as arribas que envolvem o vale encaixado do Rio Pônsul e, a sul, um suave ondulado a a perder de vista, de onde salta à vista o cabelo de Monsanto.
Do Castelo o caminho segue em direção à barragem, através das encostas onde começam a surgir os primeiros exemplares que dão o nome à rota. Um pouco por todo o lado, as encostas revelam fósseis de seres da era do Paleozoico, quando a região era…um leito marinho.
Atravessada a barragem e seguindo pelo leito do Pônsul, encontram um conjunto de velhos moinhos de rodízio, alguns recuperados e possíveis de visitar. Atualmente, este conjunto de exemplares de tecnologia histórica representa parte daquele que foi o maior conjunto de unidades moageiras do concelho de Idanha-a-Nova e é um importante núcleo museológico de uma atividade que se pretende reavivar. Este contexto histórico transporta-nos para o presente através do pão, uma referência da gastronomia de Penha Garcia.
Daqui até ao ponto de partida, o caminho cruza-se com a GR12 E7 – Rota de Idanha, e a riqueza da região em termos paisagísticos e ecológicos, responsável pela classificação Biótopo da Serra de Penha Garcia, salta à vista.
Dados os pouco mais de três mil metros de extensão e pouco desnível acumulado, a Rota dos Fósseis é o percurso ideal para fazer antes ou depois de apreciar a gastronomia local. Pode-se fazer em qualquer época do ano e tem um grau de dificuldade reduzido.

 

ROTA

Início e fim: Largo do Chão da Igreja, Penha Garcia.

Coordenadas: 40.041123, -7.019102

Épocas aconselhadas: Todo o ano. 

 

DOCUMENTAÇÃO

Folheto informativo: aqui.

 

CONTACTOS ÚTEIS

Posto de Turismo de Penha Garcia: 272 366 011

GNR (Idanha-a-Nova): 277 202 129

Bombeiros Voluntários de Idanha-a-Nova: 277 202 456

3Km Distância
Circular Tipo
1h Duração
Fácil Dificuldade

 

NOTA Os caminhos dos percursos e a sinalética dos mesmos estão sujeitos ao desgaste provocado por vários fatores. Por prudência, a iNature recomenda o contacto com as entidades responsáveis pelos percursos para apurar o estado de conservação dos caminhos e da sinalética. Uma caminhada agradável começa na segurança da mesma.