Rede iNature adere aos Princípios Orientadores da Future of Tourism Coalition

A DESTINATURE – Agência para o Desenvolvimento do Turismo de Natureza é desde esta terça-feira uma das entidades signatárias dos Princípios Orientadores da Coligação “Future of Tourism”, uma iniciativa global para a recuperação sustentável da atividade turística, que nasce da união entre o CREST - Center for Responsible Travel, o Destination Stewardship Center, a Green Destinations, a Sustainable Travel International, a Tourism Cares e a Travel Foundation, e conta com a orientação do Conselho Global de Turismo Sustentável (GSTC).

Os seus princípios orientadores definem uma visão global para a recuperação do setor do turismo, centrada na integridade e autenticidade dos destinos e na indução de impactos positivos nas comunidades e nos ecossistemas, numa plataforma colaborativa para a mudança.

A abordagem integrada que se estabelece na interdependência entre a dinamização da atividade económica com os ecossistemas, recursos naturais, bens culturais e tradições, infraestruturas, paisagem e comunidades locais, aprofunda o compromisso com as dimensões de responsabilidade social e ambiental, focando domínios como a economia circular e a mitigação das alterações climáticas, assim como as redes colaborativas, a inclusão e a autenticidade dos territórios.

A DESTINATURE lidera o consórcio de 180 entidades públicas e privadas que promove a Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE iNature, centrada no desenvolvimento sustentável do Turismo de Natureza em 12 áreas naturais classificadas do Centro de Portugal, com enquadramento no CENTRO2020 – Programa Operacional Regional do Centro.

Pelo particular alinhamento que o seu programa de ação regista com os Princípios Orientadores para o Futuro do Turismo, a DESTINATURE entende que esta adesão reforça o valor que o produto Turismo de Natureza exerce para o posicionamento destas áreas naturais como destinos de referência num contexto em que os espaços amplos, o ar puro, os percursos de natureza, os programas de bem-estar e as experiências com maior componente de autonomia representam propostas de segurança e valor acrescentado para o futuro da atividade turística. 

Mais informações poderão ser obtidas em www.futureoftourism.org.